"Realize seu exercício com o mínimo de esforço e o máximo de prazer!" (Joseph Pilates)

Conheça mais sobre o criador do método pilates, os princípios e benefícios da prática

História de Joseph Pilates

O inventor do método foi o alemão Joseph Pilates nascido em 1883 perto do norte da cidade alemã de Düsseldorf. A filosofia de cura da sua mãe que era naturopata e as realizações físicas do pai que era ginasta premiado foram as grandes influências nas ideias de Pilates para os exercícios terapêuticos.

Pilates foi uma criança doente, sofrendo de asma, raquitismo e febre reumática. Ele decidiu superar suas desvantagens físicas e dedicou sua vida para melhorar sua saúde e força.

Focalizou em técnicas respiratórias para ajudar com sua asma e ao se exercitar, de calção ao ar livre, pode curar o raquitismo, que é causado por uma deficiência de vitamina D.

Aos 14 anos de idade, ele estava em forma suficiente para posar para gráficos anatômicos. Estudou musculação, ioga, artes marciais e ginástica. Você pode identificar a influência destas atividades na técnica de Pilates, sendo presente em alguns exercícios.

O movimento natural dos animais também inspirou Pilates, e isto pode ser visto em também em exercícios de mobilização de coluna e alongamento.

Em 1912, Joseph Pilates se mudou para a Inglaterra, onde trabalhou como boxeador profissional, artista de circo e treinador de defesa pessoal da Scotland Yard.

No entanto, durante a Primeira Guerra Mundial, ele foi preso, junto com outros cidadãos alemães, pelas autoridades britânicas, no Acampamento dos Cidadãos Inimigos dos Britânicos, na Ilha de Man.As condições de saúde nestes campos eram precárias, mas Pilates insistia que todos no seu pavilhão participassem das rotinas diárias de exercícios que ele inventou, para ajudar a manter o bem-estar físico e mental.Alguns soldados alemães feridos estavam muito fracos para sair da cama.

Insatisfeito em deixar seus companheiros deitados e inativos, Pilates tirou molas da cama e prendeu nas cabeceiras e nos pés das camas de ferro, transformando-as em equipamentos que forneciam um tipo de exercício de resistência para seus pacientes acamados.

Estas camas mecanizadas foram as precursoras dos aparelhos de exercício, baseados em molas, como o Cadillac e o Reformer, pelos quais o método de Pilates é conhecido, hoje.

Diz a lenda, que durante a grande epidemia de gripe, em 1918, nenhum soldado sob os cuidados de Pilates morreu.

Incrível, considerando as terríveis condições de vida nos campos de concentração.

Após a Guerra, Joseph voltou à Alemanha e colaborou com o especialista de dança e exercício físico, como Rudolph Laban.

Em Hamburgo, ele treinou policiais.

Ele também foi pressionado a treinar membros do exército alemão, mas deixou sua pátria alemã, decepcionado com as condições políticas e sociais e emigrou para os Estados Unidos.

Na viagem, ele conheceu sua futura esposa. Uma jovem enfermeira chamada Clara. O casal fundou um estúdio na cidade de Nova York e ensinaram e supervisionaram seus alunos bem até a década de 60.

Seu método, que ele e Clara, originalmente, chamaram Contrologia, incentiva a mente a controlar os músculos.Ele foca sua atenção nos músculos posturais base, que ajudam a manter o equilíbrio do corpo e fornecem suporte para a coluna vertebral.

Em particular, os exercícios de Pilates ensinam a consciência da respiração e do alinhamento da coluna vertebral e o profundo fortalecimento do tronco e músculos abdominais.

Pilates passou a acreditar que o estilo de vida moderno, a má postura e a respiração ineficiente geram problemas de saúde.

O estúdio de Joseph Pilates, em Nova York, estava próximo a vários estúdios de dança, propiciando que membros proeminentes da comunidade de dança, incluindo George Balanchine e Martha Graham, o descobrissem.Muitos dançarinos, atores e famosos de Nova York, dependeram de Pilates para o desenvolvimento de força e graça, como também para o efeito de reabilitação.

Ele faleceu em 1967, aos 83 anos de idade, em Nova York. Durante toda a vida manteve seu corpo em forma. E fotografias mostram que ele tinha uma condição física excelente na idade avançada. Conta-se que ele era um instrutor intimidador, porém profundamente comprometido.

Apesar de Joseph e Clara não terem tido filhos, o legado e as técnicas de exercício de Pilates foram preservados e desenvolvidos através trabalho de seus discípulos. Estes discípulos, que começaram como aprendizes, são agora chamados “os anciãos”.

Até que a ciência do exercício alcançasse o método de Pilates, nos anos 80, ela foi usada, principalmente, por bailarinos e atletas de elite.

Agora Pilates está popularizado com seus benefícios de saúde e disciplina mental , amplamente reconhecidos como sendo de grande auxílio na saúde e bem-estar de todos os tipos de pessoas, independentemente de sua forma, tamanho, sexo ou idade.

Hoje, os ensinamentos de Joseph Pilates prosseguem através dos anciãos de Pilates, seus prodígios, e um grande grupo de professores contemporâneos no mundo inteiro.

Os 6 princípios do Pilates

respiração

muito importante pois deve sempre estar sincronizada com a realização do movimento, sendo este o fator primordial da técnica.

fluidez

Dar leveza ao exercício, com movimentos controlados para que não haja impacto pesado durante o exercício.

controle

aprimorar a coordenação motora durante os movimentos, dando ao corpo um padrão suave para evitar contrações musculares desnecessárias, ajudando na garantia dos benefícios do Pilates.

precisão

Controle do equilíbrio de todos os músculos que estão sendo trabalhados durante os exercícios.

concentração

ficar o mais concentrado possível ao realizar o exercício, para garantir que os movimentos sejam feitos com a maior eficácia possível.

centralização

Também conhecido como Power House é o foco de todos os exercícios do Método, pois a estabilização do tronco se dá pelo fortalecimento dessa musculatura, sendo essencial também para um melhor alinhamento postural.

Cuide bem do seu corpo com o método pilates